Dermatite Perioral e a saga dos Dermatologistas

Já falei no post sobre Roacutan, que no meio do ano passado tive um probleminha de pele chamado Dermatite Perioral.

Acho válido falar disso em um post separado porque é um problema relativamente "sério", que muitos dermatologistas desconhecem ou confundem com acne e que quase não se tem informação na internet, infelizmente.

Um dos meus maiores problemas quando a dermatite começou a aparecer é que fui em uma dermatologista que já conhecia há algum tempo (por ser pertinho de casa, acabava sendo mais cômodo e aí nunca tive a real necessidade de procurar outra pessoa) e ela me passou um remédio desses pra secar espinhas e um sabonete pra pele acneica. Aparentemente normal.

No início, a dermatite perioral REALMENTE se parece muito com acne, mas tem alguns detalhes que diferenciam uma da outra. Infelizmente esses detalhes você não consegue identificar logo de cara...

Imagine uma espinha, daquelas bem feias e que doem bastante! Normalmente essas espinhas não passam de 1 semana ou 2, no máximo, certo? Elas vão diminuindo e desinchando ao longo dos dias ou até estouram... Na dermatite perioral, elas continuam por muito mais tempo, não diminuem, não desincham e mesmo que você cutuque (se você é desses, calma que eu te entendo!), ela não vai estourar!

E se você acha que ela pode aparecer só em um cantinho, escuta essa: Ela pode encher o rosto inteiro! E em MUITA quantidade, principalmente ao redor da boca e nariz! Aliás, o nome "Perioral" vem exatamente disso! Ela ocorre principalmente ao redor da boca...No meu caso, tive boa parte da testa (pra não dizer, TODA ela) infectada também.

Depois de perceber que o tal remédio e o sabonete não fizeram diferença nenhuma, fiz a pior coisa que eu poderia ter feito: tentei resolver sozinha! NUNCA, eu repito, NUUUUUNCA façam isso! Pelo bem da pele e da felicidade de vocês! Por mais que vocês já tenham testado algum produto que deu certo antes, não tentem nada sem ver um especialista!

Pra resumir o que aconteceu: Passei em uma farmácia e comprei quase a linha inteira Effaclar da La Roche-Posay. São produtos ótimos, lindos e maravilhosos, bem conhecidos e famosos! Mas não adianta nada disso se o tratamento que você precisar for outro. Depois de 3 dias usando tudo, a dermatite além de não sumir, PIOROU!

Suspendi tudo que estava passando no rosto e procurei um segundo dermatologista. Esse já tinha tratado problemas na pele da minha mãe e da minha avó. Lá fui eu, cheia de esperanças que ele fosse me passar algo que realmente melhorasse as tais "espinhas".

O diagnóstico: Acne Severa Tipo II.

Tratamento: Outro sabonete pra pele acneica e um ácido pra aplicar à noite.

Resultado: Piorou mais ainda! Agora, além de estar com o rosto infestado de "espinhas", elas estavam doendo e meu rosto estava vermelho, queimando e ardendo.

Caso você queira ver o estado do meu rosto a esse ponto, é só clicar AQUI e AQUI. Já aviso que não é nada bonito e a foto estava até um pouco melhor que a realidade.

Nesse estado, você já pode imaginar que eu não estava nada feliz. Depois de dois dermatologistas, dois tratamentos e nenhuma melhora (na verdade, muita piora!) o desespero começou a bater.

Suspendi todos os remédios e produtos e tentei passar a única coisa que tinha em casa que talvez "acalmasse" a pele: Nebacetin!

Por uma semana, o remédio até que aliviou a queimação, a ardência e a vermelhidão, mas as tais espinhas continuavam lá... inchadas, grandes e gritando "olá" para o mundo!

Alguns dias e muita pesquisa na internet depois, consegui uma consulta em outra dermatologista e já tinha uma leve noção de duas coisas:

- Aquilo DEFINITIVAMENTE não era acne.

- Poderia ser uma tal de "dermatite peri-sei-lá-o-que" que eu vi na internet.

Como eu mencionei lá em cima, você não acha muita informação diferente sobre dermatite perioral na internet. Até acha aqueles sites médicos, mas eles não dão muitos detalhes... O que eu queria ver era relatos de outras pessoas, o que funcionava, como tratou, etc. Onde eu achei isso? No Youtube, com videos de pessoas de fora do Brasil. Não sei o porquê disso, mas pelo menos ajudou.

Chegando na dermatologista nova, tudo que eu precisei foi sentar na cadeira e explicar como e quando surgiu a tal acne. Antes de ter mencionado qualquer outro dos dermatologistas que fui ou das pesquisas que eu tinha feito, ela já jogou na lata: "Isso é Dermatite Perioral, ou comumente chamada de Rosácea."

Nem preciso dizer que estou com essa dermatologias até hoje, né? <3

Aí você me pergunta depois dessa história toda: Qual é a causa desse treco? Então... Não se sabe ao certo! Podem ser milhões de coisas, misturadas os separadas! Uma alergia aos produtos que passa na pele, alguma coisa que você comeu de diferente nos últimos tempos, uma doença "genética" que ficou em estado latente até agora e mais uma listona de coisas...

Felizmente o tratamento é relativamente rápido, mas muito eficaz! haha

Tomei por um mês um antibiótico chamado Tetralysal, específico pra Dermatite Perioral e Rosácea, e ainda apliquei um remédio chamado Ácido Azelaico no rosto pelo mesmo período. Apesar da terrível experiência com os ácidos anteriores, esse também é específico pra dermatite, então nada de pânico!

Além disso, aquele básico né gente: protetor solar todo dia e um sabonete pra pele oleosa pra lavar o rosto, o Cleanance Gel da Avène.

Pra ajudar no tratamento, a dermatologista também pediu que eu suspendesse maquiagens e esmalte de unha, pelo menos no início, pra não tapar os poros e evitar qualquer infecção.

Depois de um mês o rosto realmente melhorou MUITO! Praticamente não se via a dermatite, nem a rosácea (a vermelhidão), além das espinhas normais, que sumiram junto. Nada que um pouquinho de base não escondesse, sabe? Depois de pouco mais de 30 dias meu rosto já estava assim:

A foto não tem um pinguinho de maquiagem na pele a não ser batom, só o protetor solar que é daqueles transparentes mesmo!

Depois desse tempo, foi só manutenção do tratamento, com mais alguns produtos pra pele oleosa e acne normal, o Normaderm da Vichy pra conter a oleosidade e o Effaclar Duo da La Roche pras espinhas!

Esse outro produto na foto é o tal Ácido Azelaico pra dermatite, o Azelan. A parte ruim dele: toda vez que aplicava, à noite, ele ardia bastante! Por uns 5 minutos, parecia que várias agulhinhas fininhas espetavam meu rosto continuamente. Depois de uns 20 dias essa sensação diminuiu um pouco, mas só de ver que tá fazendo efeito a gente aguenta, né?!

Espero que esse post tenha ajudado quem tem esse problema ou finalmente descobriu que o que tem pode ser a dermatite perioral! Só lembrando, não usem NADA sem falar primeiro com um dermatologista, NADA MESMO! Além de não ser o que você precisa, pode piorar MUITO a pele!

#Dermatiteperioral #Rosácea #Tratamentodepele #Acne #Espinhas #DiárioRoacutan

Sobre

Natasha Hora, 25 anos, formada em Design pela PUC-Rio e apaixonada por fotografia. Alérgica a tudo que tem leite e derivados, além de intolerante à lactose. Criei o blog pra compartilhar um pouco sobre viagens e lugares "alergy-friendly" pelo mundo.

Posts Recentes
Tags
Nenhum tag.