Uma tarde no museu

Nova York tem muitas coisas pra se ver: a Times Square, o Empire State Building, a 5ª Avenida, o Central Park e por aí vai... Mas tem uma coisa que nem todos curtem que eu adoro visitar... Museus!

NY obviamente é cheia de museus, mas se você não tem muitos dias de passeio por lá (eu fiquei por 6 dias), é bom selecionar apenas 1 ou 2 pra visitar! No meu caso, deixei 3 museus na lista de "coisas para fazer" da viagem: o MoMa, o MET e o American Museum of Natural History. O primeiro é o Museu de Arte Moderna (ou Museum of Modern Art). Por conta de indicações de alguns amigos acabei deixando esse de lado na minha lista, o que eu me arrependo bastante, até porque era o museu mais próximo do hotel que fiquei. O segundo é o Metropolitan Museum of Art (The MET) que visitei junto do American Museum of Natural History (aquele do filme Uma Noite no Museu).

Esses dois museus ficam nas laterais do Central Park! Lembra que eu comentei no último post que era uma boa ideia deixar um museu programado pra um dos dias e chegar lá andando pelo Central Park? Outra forma de fazer as duas coisas, se você quiser ir direto pro museu, é pegar o metrô até lá, ir em um dos museus, atravessar o parque e ir no segundo! Da primeira vez que tentei ir no MET, comecei pelo Central Park DEPOIS de já ter ido no Top of The Rock (falarei dele mais pra frente aqui no blog, pode deixar.). Quando finalmente chegamos na frente do museu faltava apenas 1 hora pra que ele fechasse (era um dia de semana e a visitação seria só até as 17h). Então, se você resolver fazer esse primeiro roteiro que eu falei, vá direto pro parque e depois ao museu logo de manhã, ou como na segunda opção, vá primeiro ao museu e depois deixe a tarde pro Central Park e talvez, um outro museu.

Uma dica legal desses museus e que nem todo mundo sabe, é que você não precisa pagar o valor indicado no ingresso. O preço é apenas uma sugestão, mas você paga quanto quiser para entrar! Se quiser dar 1 dólar, pode! 2? Também! 25, que é o valor normal? Claro! E ninguém vai te olhar de cara feia na recepção por isso! Mas preste atenção porque tem sempre um dia da semana que a entrada é gratuita, então vale a pena dar uma pesquisada antes de ir.

O MET foi museu que mais gostei. Achei bem completo sabe? E não consegui ver o museu todo já que ele é bem grande! São 3 andares com váááárias galerias! Apesar de só ter circulado pelo primeiro andar, passei um bom tempo dentro do museu e vi coisas bem diversificadas, desde arte grega e romana até arte moderna e contemporânea, arte medieval e egípcia. E amei cada pedaço!

Depois de algumas horas no MET, fui em direção ao Museu de História Natural. Não sei de vocês, mas eu já tinha uma expectativa enorme desse museu por causa do filme! Vou ser bem sincera: não consegui ver muito dele porque acabei me sentindo muito mal no meio da tarde (já estava há 3 dias andando direto sem sequer pegar o metrô e com um sapato horrível que deixou meu pé todo machucado. A cada galeria que eu passava procurava um banco pra sentar, e acho que não beber quase nenhum liquido no dia também complicou a história. Fica aqui a lição pra vocês!). De qualquer jeito, gostei muito do pouco que vi por lá. Queria só ter aproveitado mais! :(

No meio tempo entre as visitas nesses dois museus, parei pra almoçar em um dos Food Trucks na frente do Museu de História Natural. Achei bem complicadinho comer por ali por conta da alergia. Normalmente os Food Trucks ficam bem cheios. Na fila as pessoas já escolhem uma das opções que tem ali, pedem, pagam e pronto. Não tem muita conversa. Sem contar que quem está trabalhando lá dentro tem que ser rápido pra atender todo mundo e não tem tempo pra ficar tirando suas dúvidas sobre como tal comida foi preparada. A única lembrança que tenho era de que, dentre as opções, tinha uma de cachorro quente com batata frita e outra de coxinhas de frango fritas também com batata. Quando perguntei do frango levei uma resposta tão longa e rápida que a única coisa que entendi no final da frase foi algo como "melhor não pedir esse", então acabei indo no cachorro quente, que era igual ao que é vendido no Central Park.

Se você gostou desse post, pode comentar e compartilhar à vontade! Se quiser saber em primeiro lugar as novidades por aqui é só curtir a página de Facebook e me seguir lá no Twitter! Os links ficam ali na barra direita do blog!

#museu #viagem #ny #novayork #newyork #MET #moma #AmericanMuseumofNaturalHistory #alergia #FoodTruck

Sobre

Natasha Hora, 25 anos, formada em Design pela PUC-Rio e apaixonada por fotografia. Alérgica a tudo que tem leite e derivados, além de intolerante à lactose. Criei o blog pra compartilhar um pouco sobre viagens e lugares "alergy-friendly" pelo mundo.

Posts Recentes
Tags
Nenhum tag.